(11) 3791 6735
contato@larbo.us

Qual a melhor opção para sua empresa?

Para alguns empresários há uma certa indecisão entre ter um site ou uma página de fãs no Facebook para divulgar o próprio negócio. Pelo que parece, muitos empresários estão desistindo do seu site ou fazendo redirecionamento para as suas Fan Pages, apostando claramente no Facebook como meio de comunicação para os seus clientes.

O Facebook cresceu muito nos últimos anos/meses e a sua utilização aproximou empresas e clientes, tornando mais fácil a comunicação entre ambas as partes. Além disso, é uma ferramenta gratuita (pelo menos à primeira vista) e tem uma capacidade enorme de conseguir gerar novos interessados no seu trabalho. Tudo isto parece tornar as Fan Pages numa “máquina” de vendas e numa oportunidade única para divulgar o seu negócio. Mas será isso suficiente para abandonar a utilização de um site? Evidente que não. No máximo, utilizar as duas de forma complementar. O Facebook continuará sendo uma excelente forma de direcionar tráfego para o seu site.

O Facebook pertence a uma empresa

Há algum tempo atrás e ainda ocorre atualmente,  o Facebook terminou com muitas páginas de fãs de um dia para o outro, sem dar qualquer aviso prévio. Segundo eles, essa eliminação em massa aconteceu porque algumas Fan Pages teriam violado as regras de utilização e por isso deveriam ser excluídas. Foram páginas com milhões e milhões de fãs, que certamente gerariam um bom retorno aos seus administradores. Além disso foram várias horas de trabalho investidas naquelas páginas. Mas este acontecimento deixou uma lição a todos nós que jamais devemos esquecer: As Fan Pages não são nossas! Elas pertencem ao Facebook e não há o que fazer para alterar essa situação. Por isso, o seu website deve ser o centro de todas as suas atividades. Outro dos pontos que justifica a manutenção do site e do Facebook ao mesmo tempo é a diminuição constante do alcance das publicações no Facebook.

Em termos práticos, o Facebook não é um bom local para uma compra final. Caso contrário, as tão conhecidas F-commerces teriam um sucesso enorme, algo que não aconteceu. Porém, essa comunicação no Facebook é feita de uma forma simples, o que torna esta rede social um bom local para anunciar produtos. Mas será um bom local para uma compra final? Ou o Facebook servirá apenas como intermediário?

Qual a melhor solução.

Na minha opinião, a melhor é usar ambos junto com outras redes sociais, mas tendo como ponto de chegada o seu site. As redes sociais devem ser vistas como uma opção complementar ao seu site e nunca como a sua forma de divulgação principal. O seu site é o local onde a sua venda será realizada. O Facebook deve ser visto com a mesma seriedade que o Twitter ou o LinkedIn, mas jamais deve ser considerado mais importante do que um website. O site é a sua forma de comunicação principal, enquanto que o Facebook é apenas um meio para chegar a essa comunicação final. Por isso, jamais caia no erro de deixar de lado o seu site para apostar apenas no Facebook.

Deixe seu comentário

You must be logged in to post a comment.